Otimização do desempenho energético de um edifício residencial em Portugal

Autor: 
Rodrigo Mendes de Freitas Lopes
Orientador: 
Roberto Lamberts
Resumo: 

Com o desenvolvimento da regulamentação há uma tendência para o aumento das preocupações com a eficiência energética dos espaços onde as pessoas habitam.

O objetivo desta pesquisa é o estudo de diferentes soluções construtivas e de sistemas, de forma a se obter uma maior eficiência energética de um edifício, reduzindo-se as necessidades energéticas do mesmo. Desta forma, analisam-se possíveis alternativas que permitam, através de sucessivas melhorias ao nível da envolvente exterior, dos vãos envidraçados, da ventilação e dos equipamentos de climatização e de preparação de águas quentes sanitárias (AQS) contemplados no regulamento, reduzir o consumo final de energia e assim otimizar o mais possível o desempenho energético do edifício.

Posteriormente, estuda-se o impacto dos referidos equipamentos e da zona climática na classificação energética da edificação.

Os resultados mostram que é possível atingir excelentes comportamentos térmicos de frações, sem um aumento significativo de custos. Cada vez mais é necessário fazer a diferença na construção, o que é conseguido com a implementação de soluções arquitetônicas que proporcionem um maior conforto interior. Por outro lado a evolução regulamentar está a motivar um aumento da exigência dos clientes, obrigando os nossos promotores / construtores imobiliários a apresentarem edifícios cada vez mais eficientes, com certificados energéticos de elevada classificação.

X