Aperfeiçoamento do programa computacional Netuno: análise econômica

Autor: 
Marcelo Marcel Cordova
Orientador: 
Enedir Ghisi
Resumo: 

Atualmente, tem-se dado grande importância a medidas que diminuam o impacto ambiental e aumentem a economia de recursos naturais em edificações. Uma destas medidas é a coleta de águas pluviais para fins não potáveis. Este trabalho tem por principal objetivo aprimorar o programa computacional Netuno (GHISI; TAVARES, 2008) para que seja possível simular análises econômicas para sistemas de coleta de água da chuva. Para efetuar tal cálculo são necessários, como dados de entrada: o tempo que se deseja realizar a análise do investimento, a inflação, as faixas de volumes e valores de cobrança de água, a taxa mínima de atratividade e os custos referentes à construção e manutenção do sistema, como o valor do reservatório, da motobomba para recalcar a água, das tubulações, entre outros. Também foram acrescentadas novas funcionalidades ao programa, como a opção de salvar a simulação para utilização futura, modos de visualização dos resultados completos das simulações para diferentes volumes de reservatórios e estratégias para correção de dados inconsistentes de precipitação, que na versão anterior do Netuno resultavam em erros na simulação sem alertar o usuário. Serão realizadas simulações para avaliar os resultados deste módulo de análise econômica. Também foi realizado um estudo para comparar os resultados gerados pelo Netuno e pelos métodos YAS (Yield After Spillage – Consumo Depois do Enchimento) e YBS (Yield Before Spillage - Consumo Antes do Enchimento). Os potenciais de economia de água potável e o volume ideal para o reservatório foram comparados utilizando diferentes parâmetros e dados de precipitação, e concluiu-se que, apesar de as diferenças serem consideráveis para baixas demandas de água potável e baixos percentuais de substituição de água potável por pluvial, na faixa considerada ideal pelo Netuno as diferenças são desprezáveis.

X